sábado, 27 de junho de 2009

"A vida não é um jogo onde só quem testa seus limites é que leva o prêmio. Não sejamos vítimas ingênuas desta tal competitividade. Se a meta está alta demais, reduza-a. Se você não está de acordo com as regras, demita-se. Invente seu próprio jogo. Faça o que for necessário para ser feliz. Mas não se esqueça que a felicidade é um sentimento simples, você pode encontrá-la e deixá-la ir embora por não perceber sua simplicidade. Ela transmite paz e não sentimentos fortes, que nos atormenta e provoca inquietude no nosso coração. Isso pode ser alegria, paixão, entusiasmo, mas não felicidade."

sábado, 20 de junho de 2009

"A escolha que o homem faz de si mesmo identifica-se absolutamente com aquilo que se chama seu destino"
"Te perdôo por fazeres mil perguntas que em vidas que andam juntas ninguém faz..."

sábado, 6 de junho de 2009

Trocando Livros

Essa semana encontrei o "Trocando Livros" no meu twitter. Um site com uma iniciativa suuper 10. Funciona mais ou menos assim, vc disponibiliza alguns livros que você tenha e queira trocar [num bom estado, claro!]. Outros usuários que nunca leram podem querê-lo, aí vc o envia. Com isso se acumula créditos, que são utilizados caso encontre um livro do seu interesse. E assim vai... Boa leitura!
"É, eu sei que eu não sou perfeita. Tenho muito mais defeitos do que os tantos que você já conhece. Você também não fica por baixo, faz um tantão de coisa que eu detesto, e deixa de fazer outras mais, que eu adoraria. Às vezes tenho a impressão que eu nunca acerto. Se eu sinto ciúmes e faço estarfalhaço sou paranóica, se eu não demonstro eu deixei você de mão... Aff... Digo tanto que te amo que enche o saco, mas percebo que você não acredita tanto. Tudo bem, não sou tão segura quanto gostaria, mesmo. É, não sou segura [esse defeito você já conhecia], não sou intelectual e gosto sim de sair de vez em quando. Com você eu nunca sei onde tô pisando... A nova é que eu fiz mais uma burrada. Dessas que a gente não sabe quando e onde aconteceu. Mas não importa mesmo. Tô falhando em alguma coisa, isso já é ruim o suficiente. Acontece que eu gosto mesmo de você, já faz tempo. E depois que eu descobri isso minhas prioridades mudaram. Nem me importo tanto assim se eu preciso adivinhar o que eu fiz, me preocupa mais te fazer feliz. Um pouco como você me faz... Nem precisa ser tanto assim, porque já sei que não tenho esse potencial... [pausa para conversa no telefone]... Finda aqui mesmo!"
"Não é fácil ter paciência diante dos que têm excesso de paciência..."